Youtube lança a versão “Music” para concorrer com Spotify

Foi liberado essa semana um novo serviço da Google para srteaming de áudio, chamado Youtube Music. Ele veio atender não só uma demanda que já existia há anos entre seus usuários, que utilizavam o serviço do Youtube (vídeos) para ouvir músicas, como também pra tentar abocanhar uma fatia do mercado de serviços Premium, que tem crescido bastante e é liderado pelo Spotify.

Os usuários do Google acabavam baixando o Youtube GO para utilizá-lo como player de música, mas de forma bem precária.

A vantagem de se utilizar um app específico para áudio é, principalmente, a economia de banda ao se trafegar dados, visto que arquivos de áudio são bem mais leves que os de vídeo, além, é claro, de ter uma interface totalmente voltada para essa mídia, com filtros específicos e palylists.

A interface do Youtube Music é bem bonita, rica em informações e imagens, e na nossa opinião, melhor que a do seu concorrente, Spotify, onde exibe, mesmo na versão gratuita, a playlist que será executada. Também há a possibilidade de fazer o streaming com o Chromecast (óbviu) , assim como o seu concorrente.

Youtube Music (Esq) exibe playlist que será executada.

Youtube Music (esq) exibe playlist que será executada. Interface do Spotify (dir)

Agora, uma coisa que sentimos falta e ainda não descobrimos se é possível, mas que na nossa opinião é uma falha grave, é a não possibilidade de continuar ouvindo a música com o app minimizado ou a tela do smartphone bloqueada (igual no Youtube “normal” e Youtube GO). Essa já era uma necessidade básica dos usuários de Youtube que o utilizavam para ouvir música, e que, no Spotify é permitido. Pois, pra quem curte ouvir musica enquanto faz alguma atividade com o celular no bolso, o minimo toque na tela faz a musica pausar, pular e até fechar o app.

Assim como no Spotify, a versão Premium do serviço Youtube Music traz criação de playlist, escolhe de músicas, serviço sem intervalo comercial e possibilidade de criar perfis de usuários.
O preço inicial no Brasil está em R$ 16,90. (setembro de 2018).

 

 

Compartilhe
Fundadores do Instagram deixam a empresa
Configurando o Outlook 2007

Deixe uma resposta