Orkut vai voltar e pode ameaçar o Facebook?

Essa semana um dos assuntos mais comentados na web foi a possível volta do Orkut, uma rede social do início da década de 2000, e que fez um sucesso muito grande aqui no Brasil.

Para quem foi usuário dela, lembra que as “Comunidades” eram um dos recursos em destaques dessa rede, onde reuniam centenas de milhares de pessoas comentando sobre o mesmo assunto, título da comunidade em questão. Esse recurso até lembrava as salas de chat que também fizeram muito sucesso anos antes, no IRC.

A URL orkut.com foi reativada e nela há uma mensagem do fundador, que também se chama Orkut. Há duas curiosidades nessa URL. A primeira, é que a mensagem está em dois idiomas, Inglês e Português Brasil. Isso pode sinalizar o quão importante o Brasil foi para a Rede Social, visto que éramos a maioria dos usuários da plataforma, ou, somente um recurso dinâmico que localiza o país de origem do acesso e exibe a mensagem de acordo com o idioma do visitante. E a segunda curiosidade, na verdade um ponto estranho a se considerar, é que o endereço não tem uma certificação de segurança. (A certificação de segurança não garante se um site é legítimo ou não, somente que ele trafega os dados inseridos nele de forma criptografada – já falamos sobre isso aqui).

Porém, nós verificamos o registro do domínio, e é o mesmo registrado em 2002 e que está hospedado no Google.

O texto escrito no site orkut.com ainda passa uma mensagem positiva, de como as redes sociais deveriam ser usadas para a socialização dos usuários de forma harmônica, provendo união, paz e gentileza entre as pessoas. Isso também mostra como a plataforma gostaria de se posicionar no “mercado de redes sociais”, visto que, a outra rede social que esteve em evidência essa semana, o Twitter (Por causa da sua venda ao Elon Musk), tem a “fama” de ser uma plataforma com conteúdos falsos e de intolerância. 

Pois bem, coincidentemente, um dia após a web ser agitada pela notícia da possível volta do Orkut, nós recebemos aqui na agência um e-mail do Facebook falando sobre as suas “comunidades”, no caso, seus Grupos, que têm, basicamente, a mesma finalidade de reunir pessoas com mesmo interesses para discutirem sobre o assunto, assim como era no Orkut e que faziam bastante sucesso entre os usuários, que até hoje lembram com saudosismo dessas interações. 

Seria esse e-mail do Facebook apenas uma coincidência, ou eles já estão monitorando a volta do Orkut e oferecendo aos usuários o mesmo recurso que fazia sucesso na antiga rede social, a fim de não perder inscritos?

Acredito, sim, que o Orkut possa ser uma ameaça ao Facebook (Rede Social, não a empresa Meta), principalmente aqui no Brasil. Se o mesmo público que acessava a plataforma antes, quase 20 anos atrás, que na época eram adolescente e hoje são adultos, economicamente ativos, voltar a frequentar o Orkut, ele pode trazer consigo anunciantes, consequentemente, ganhos financeiros para a rede social, ainda mais se o Google estiver por trás da operação, visto que a gigante das buscas sempre tentou mas nunca conseguiu emplacar uma rede social. Vamos aguardar!

Compartilhe essa notícia

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

LEIA TAMBÉM